Como funciona o processo de criação na Ticolas? (Part 1/3)

Acredito que uma das perguntas mais comuns em todos os setores é: como é o processo de criação da sua empresa? Sempre que vemos uma coleção nova em uma loja que gostamos, nos perguntamos quando o processo de criação começou ou onde os estilistas buscam inspiração e idealizam a coleção. No caso dos nossos bouquets, nós também precisamos buscar inspirações e passamos por um processo de criação. Portanto, hoje vamos falar um pouco de como é o processo de criação na Ticolas.

Nós temos algumas linhas diferentes e a criação envolvida em cada um deles é diferente. No entanto, dois pontos são unanimidade entre todos os nossos bouquets:

  • Sazonalidade: nós estudamos o mercado e buscamos entender qual é a melhor flor naquela estação do ano. Por isso, alguns dos bouquets são os que chamamos de sazonais, já que, mesmo que as flores possam ser encontradas ao longo do ano inteiro, a qualidade difere muito. Como queremos sempre oferecer o produto com a melhor qualidade, preferimos não ofertar algumas flores em algumas épocas do ano.

  • Preferência do consumidor: nós sempre estudamos o mercado que estamos atendendo e buscamos ofertar as flores que são as mais queridas pelo nosso público. Por exemplo, sabemos que os cravos são considerados flores nacionais, portanto o nosso objetivo é sempre ter cravos de boa qualidade no nosso site. Vale ressaltar que, novamente primamos qualidade, portanto caso a gente não encontre entre os nossos fornecedores, produtos de qualidade, preferimos deixar de ofertar temporariamente.

Estudar as preferências dos consumidores e a estação do ano que estamos são os dois primeiros estágios do nosso processo criativo. Sabendo isso, como inicia o processo de criação da Ticolas? Isso você saberá no próximo post!