O consumo de flores...

Por mais que a produção de flores seja muito concentrada em poucos países, o consumo ainda é bastante distribuído entre Europa e Estados Unidos. Um dos motivos pelo qual a Europa é uma grande consumidora dá-se pelo fato de ser grande produtora. Como as flores são produtos delicados, a logística é uma das maiores dificuldades para o crescimento do mercado. Portanto, estar geograficamente perto de produtores faz com que o transporte seja mais rápido, melhorando assim a longevidade e a qualidade das flores. Com isso, a Ticolas tem a vantagem de estar em Portugal, um país com fácil acesso a produtores europeus como na Holanda, mas também aos Africanos. Isso faz com que a variedade das flores oferecidas nos nossos arranjos seja ainda maior.

Porém, falando novamente sobre o mercado consumidor, estudos mostram que o maior motivo pelo qual as pessoas compram flores é para presentear alguém, sendo o consumo próprio ainda muito pequeno. Porém, isso deve mudar no futuro. As flores passam, cada vez mais, a deixar de ser um artigo supérfluo/luxo e passam a ser uma necessidade. Vivendo em países mais urbanos, as pessoas terão que recorrer a flores e plantas em seus ambientes de trabalho e suas casas com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e a saúde, portanto novos produtos poderão surgir no futuro também.

Os consumidores também estão mudando na forma como realizam as suas compras. Todos sabemos que as pessoas estão se tornando cada vez mais imediatistas, sendo a compra online relevante para diversos mercados.  Além do imediatismo, os consumidores hoje em dia querem ter a opção de customizar os seus pedidos. Isso também se aplica ao mercado de flores. Hoje em dia, as floriculturas ainda são as maiores revendedoras de flores, porém em diversos países como Holanda e França, a venda pela internet foi o modo que mais cresceu nos últimos anos. Isso é fortemente influenciado pelo aumento do poder aquisitivo dos millenials, mas não é limitado a isso. Aqui entra novamente o imediatismo, mas também a comodidade já que o consumidor não precisa mais sair da sua casa ou do seu escritório para realizar a compra.

Como sabemos, o perfil do consumidor em diversos setores mudou bastante nos últimos 10 anos, e isso se aplica ao mercado de flores também. No entanto, podemos esperar ainda mais mudanças nos próximos 10 anos. O imediatismo poderá continuar em alta e a necessidade de customização poderá ser cada vez mais frequente. No entanto, entendemos que o fato de comprar flores para presentar alguém deverá deixar de ser a única forma de consumo. As flores precisarão fazer parte dos ambientes de trabalho e das casas de todos e, por isso, a Ticolas oferece diferentes tamanhos e estilos de bouquet para que todos possam ter acesso. Acreditamos no poder das flores e em seus benefícios, mas isso ficará para um próximo post...