Por que Portugal?

photo-1523544473559-f94346f6221e.jpg

A Ticolas foi fundada por um francês e uma brasileira, sem nenhuma família em Portugal ou história com o país. Por que, então, decidimos fundar a empresa no território luso?

Nicolas já morou em diversos países e, antes de chegar a Portugal, viveu no Qatar e na França. No entanto em agosto/2018 decidiu conhecer Portugal e se apaixonou, já se sentindo em casa desde o primeiro dia. A ideia inicial não era viver para sempre em Lisboa, mas depois de alguns meses aproveitando Portugal e todas as magias que o país tem a oferecer, Nicolas decidiu que Portugal é o país que quer chamar de seu.

Marina, por outro lado, estava morando em Barcelona, após finalizar o seu MBA, quando decidiu viajar a Portugal para analisar se este poderia ser o seu próximo destino profissional. O país parecia a escolha obvia na Europa pela facilidade da língua, porém se tornou prioridade quando ela percebeu o potencial que o país tem de crescimento e as oportunidades que podem surgir. Marina havia viajado a Portugal no início de 2015 e, nesse período, o desenvolvimento econômico e social foram nítidos. Além disso, os portugueses se mostraram muito abertos para o crescimento, acolhendo muito bem todos que tem interesse no seu país.

Em um final de semana na Demium, Nicolas e Marina se conheceram e a conexão entre os dois foi evidente desde o primeiro dia. Os dois sabiam que iriam ter uma empresa em Portugal, a dúvida agora seria somente uma: QUAL?

Como também já sabem, Nicolas sempre quis abrir uma empresa de flores para acabar com a sua frustração na compra de bouquets. Portanto, ele viu nessa parceria com a Marina a oportunidade perfeita para realizar o seu sonho. Ao analisarem o mercado e, novamente, o potencial de crescimento, a Ticolas nasceu. O mercado de flores de Portugal é de +€500MM, porém com uma grande parcela destinada à exportação. Por isso, o consumo local ainda não é tão grande e desenvolvido. Nós da Ticolas temos por objetivo fomentar esse mercado, aumentando o acesso a produtos de qualidade por todos em Portugal. Além disso, queremos que o consumo local seja valorizado, por isso priorizamos produtos e produtores locais.

O potencial do mercado foi um fator importante para optarmos por iniciarmos as nossas atividades em Portugal, mas os portugueses foram decisivos nessa escolha. Por isso queremos agradecer desde já pela receptividade e, para retribuir, nos comprometemos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para incentivar o consumo de produtos locais. Vamos juntos construir essa história de sucesso!